Ídolo: Advogado terá rosto estampado em bandeirão da torcida do Fluminense

Craque tricolor em entrevista nas Laranjeiras (FOTO: Dorival)

Craque tricolor em entrevista nas Laranjeiras
(FOTO: Dorival)

O maior ídolo da história do Tapetense, o advogado Mário Bittencourt, será homenageado pelos torcedores tricolores. O gênio pó de arroz ganhará um bandeirão com seu rosto, da maior torcida organizada clube, a Purpurina Tricolor. O objetivo da massa é reconhecer os serviços prestados pelo árbitro ao clube nas rodadas extras dos campeonatos.

Muito feliz, Mário conversou com o Olé do Brasil. Apesar da ligação emocional com o clube, o advogado explicou como é atuar pelo seu clube de coração e mostrou profissionalismo: “Chamaram-me de marqueteiro, só porque citei Pequeno Príncipe e Félix durante o julgamento, falaram que fiz isso para fazer média com a torcida torcida, mas não tem nada disso. Livrar o Tapetense de tudo que é seu de direito não é fácil. Tem que rebolar para encontrar brechas, manipular a opinião pública e sair como herói. Estou muito feliz pela homenagem, é o reconhecimento do excelente trabalho que realizei”.

A homenagem gerou certo desconforto no elenco do Tapetense, já que nenhum jogador havia recebido uma homenagem parecida. O presidente do clube,  Peter Siemsen, encarou a situação como algo normal: “Nenhum jogador ou treinador conseguiu salvar o Tapetense. Por isso, acontece esse tipo de situação, já que somente no nosso clube um advogado pode ser mais amado pela torcida do que os próprios jogadores”, disse.

O Tapetense está sendo processado por Roberto Bolaños, gênio criador do seriado Chaves, por plágio do caloteiro Seu Madruga.