Com 874.153 dívidas, Atlético-MG é acusado de plágio do Seu Madruga

Com 874.153 dívidas, Atlético-MG é acusado de plágio do Seu Madruga

Quadro do ídolo é exposto na sede do clube.
Foto: Patric

A Fundação “El Chavo del Ocho”, ameaça entrar na justiça contra o Atlético-MG por plágio. Diante dos 142.759 bloqueios na justiça após a venda do jogador Lucas Pratto e das outras 874.153 dívidas, a fundação alegou que o clube teve inspiração no personagem Seu Madrugada, interpretado pelo falecido Ramón Valdés, que devia 14 meses de aluguel para o dono da vila, Senhor Barriga.

O advogado da fundação, Gil Pavares, conta como teve conhecimento do caso: “Eu recebi de um assessor a informação sobre os acontecimentos com o clube lá no Brasil, o Mineiro, e liguei os pontos. O Seu Madruga estava sempre devendo, e o Mineiro, além de estar devendo, ainda adotou o tradicional ditado de que deve, não nega, nem paga. Muita coincidência”, disse o advogado com um olhar questionador.

Astuto, o advogado ainda fez uma piada em referência ao imbróglio judicial que o clube vive: “Acho engraçado, o Mineiro fez uma tremenda venda, todo mundo comemorou, achou que ia cair uma grana alta para investimentos no time e agora ficam igual ao Cão Arrependido, com o rabo entre as pernas querendo receber”, disse fazendo referência à célebre frase do seriado Chaves.

Também utilizando uma frase do seriado Chapolin, o advogado debochou da situação atleticana: “Já que gostam de imitar, de copiar, bem que poderiam criar o ‘Chirrin Chirrion do diabo’ para fazer o dinheiro aparecer”, brincou.

Procurado pelo Olé do Brasil, o Atlético-MG disse que irá honrar todas as dívidas pendentes, a começar com os direitos de imagem que deve ao jogador Anelka.

Veja também

Leave a Comment