"Cheirinho de Hepta" do Flamengo leva o Oscar de Melhor Ficção

“Cheirinho de Hepta” do Flamengo leva o Oscar de Melhor Ficção

Cheirinho de Oscar
(FOTO: Dudu)

A entrega do Oscar é um momento tradicional e célebre do mundo cinematográfico. Ainda que o evento deste último domingo ficou marcado pela confusão na entrega do prêmio final, dando a impressão que o árbitro do jogo Corinthians x Palmeiras participou da cerimônia, algo de positivo aconteceu. O Brasil finalmente conquistou uma estatueta e foi graças ao rubronegro carioca:

“A obra-prima Cheirinho de Hepta foi a melhor ficção que assistimos em 2016. Teve de tudo, momentos dramáticos, celebração do público, participação do grande astro brasileiro Márcio Araújo…. E fez com que milhares de pessoas acreditassem em algo que não existiu, ou seja, atingiu o principal objetivo do cinema”, comentou a crítica de cinema, Glória Pires.

A película de produção brasileira chegou ao público em 2016 causando grande alvoroço, com a torcida recepcionando os atores no aeroporto, por exemplo. O único ponto negativo do roteiro foi apontado pela crítica especializada foi em relação a matemática do filme, já que para ser Hepta é necessário ser Hexa primeiro.

Caso alguém ainda não tenha assistido o filme, a película será transmitida no dia da inauguração do estádio do Flamengo.

Veja também

Leave a Comment