Discurso de Pedro Bial sobre a eliminação do São Paulo do Paulistão

Discurso de Pedro Bial sobre a eliminação do São Paulo do Paulistão

Infelizmente, Pedro Bial não é um dos colaboradores do Olé do Brasil. Mas já imaginou como seria os textos de Bial sobre as eliminações no futebol?  Confira abaixo!

Que cena, Ceni. Duas eliminações em uma semana. O goleiro, que era conhecido como Mito, tem se mostrado como técnico um verdadeiro mico.

Rodrigo Caio, o verdadeiro bom moço, colocou Jô na segunda partida. Avisou o juiz que o corintiano não merecia cartão e meteu o dedo na ferida.

O Corinthians, dos grandes, era o mais desacreditado. Mas conta com o gênio Jô, que em clássicos está endiabrado. Diziam que era apenas a quarta força, mas vai brigar pelo troféu. O time chegou mais longe que os outros grandes, mesmo não sendo o melhor no papel.

De que adianta ter Pratto se não tem Garffo? Que bafo. Da eliminação não me safo. Na primeira partida, O Timão foi predador. No jogo da volta, no rosto dos são-paulinos, claramente, o mesmo pavor. Jô pintou e bordou; já o São Paulo, como sempre diante do Coringão, se borrou.

Parafraseando Janis Joplin: que torcida de modinha!

A vida é muito curta! Não perca tempo não! Aproveite o máximo que puder, mesmo depois de uma eliminação contra o Timão!

Vem para cá, São Paulo! O eliminado de hoje é você!

Veja também

Leave a Comment