Discurso de Pedro Bial sobre a eliminação do Vasco da Copa do Brasil 2017

Discurso de Pedro Bial sobre a eliminação do Vasco da Copa do Brasil 2017

Vem, Grêmio! (FOTO: André Lima)
Vem, Vasco!
(FOTO: André Lima)

Infelizmente, Pedro Bial não é um dos colaboradores do Olé do Brasil. Mas já imaginou como seria os textos de Bial sobre as eliminações no futebol? Confira abaixo o do Vasco e clique AQUI para conferir os outros textos!  

Que falta de respeito falar que o respeito voltou. Que falta de futebol e de bola que pouco rolou.

O Vascão de outrora desapareceu, e isso nos comove. Os confrontos de mata-mata se tornaram exclusivamente de morre-morre.

Pela torcida, o time não tem respeito. Falta peito. Perde um monte de gol feito. Parece que joga sempre na altitude, com ar rarefeito.

Eurico Miranda, o único presidente possível, possui uma ciranda. A ciranda de rebaixamentos. Cai ano sim, ano não; o Vascão já foi grande, hoje virou um anão.

O vascaíno só levanta taça para brindar. Motivos para comemorar? Apenas quando uma vaga na Série A o clube consegue assegurar. Muito pouco para um time que já conseguiu a América conquistar.

A despedida da Copa do Brasil marcou o primeiro vexame de Luis Fabiano, o paulista carioca, que prefere ajudar na briga. O problema é que a briga do Vasco é sempre para não cair. Fabuloso chegou como salvação, mas praticamente estreou com eliminação.

Das falhas de Martin Silva, que soltam penas por aí, aos gols perdidos pelo ataque, que nos matam de rir. Simplesmente deu tchau à sua última chance de conquistar um título nacional. Neste ano, resta secar o maior rival.

Parafraseando Timbalada, Bebeu água? Não. Tá com sede? Tô.

Vem para cá, Vasco! O eliminado de hoje é você!

Veja também

Leave a Comment