Estudo apresenta os times mais beneficiados e prejudicados pela arbitragem no Brasileirão 2017

Estudo apresenta os times mais beneficiados e prejudicados pela arbitragem no Brasileirão 2017

Para variar um pouco, a arbitragem continua sendo o grande assunto do Brasileirão. Erros grotescos e até os erros comuns se mantém como os principais fatores que acaloram os debates entre comentaristas, torcedores, lutadores, fornecedores e apicultores.

Por isso, o Olé do Brasil decidiu realizar um levantamento para apontar os times que mais sofreram e mais se beneficiaram com os erros dos homens do apito, no Brasileirão 2017. Confira os dados abaixo.

 

 

 

 

  • Grêmio – quatro a favor, um contra / saldo = três a favor
  • Vasco – dois a favor, um contra / saldo = um a favor
  • Santos – um a favor, nenhum contra / saldo = um a favor
  • Sport – dois a favor, um contra / saldo = um a favor
  • Fluminense – dois a favor, nenhum contra / saldo = dois a favor + 5 recursos vencidos no STJD
  • Chapecoense – quatro a favor, quatro contra / saldo = zero
  • Coritiba – dois a favor, dois contra / saldo = zero
  • Ponte Preta – nenhum a favor, nenhum contra / saldo = zero
  • Atlético/GO – um a favor, um contra / saldo = zero
  • Avaí – um a favor, um contra / saldo = zero
  • São Paulo – um a favor, um contra / saldo = zero
  • Cruzeiro – três a favor, quatro contra / saldo = um contra
  • Atlético/MG – quatro a favor, quatro contra / saldo = zero
  • Palmeiras – quatro a favor, seis contra / saldo = dois contra
  • Bahia – um a favor, dois contra / saldo = um contra
  • Botafogo – três a favor, cinco contra / saldo = dois contra
  • Vitória – cinco a favor, sete contra / saldo = dois contra
  • Atlético/PR – um a favor, quatro contra / saldo = três contra
  • Flamengo – trocentos a favor, nenhum contra / saldo = trocentos a favor (e contando)
  • Corinthians – uma cacetada a favor, um contra / saldo = uma cacetada a favor (e contando)

Veja como estaria a tabela sem esses erros.

Veja também

Leave a Comment