Versão brasileira do PES tem beijo de Sheik, Valdivia machucado e Cavalieri nu; Confira as novidades

Versão brasileira do PES tem beijo de Sheik, Valdivia machucado e Cavalieri nu; Confira as novidades

A Konami divulgou na última sexta-feira (23) as capas brasileiras do “Pro Evolution Soccer 2014” nas versões para PlayStation 3 e Xbox 360. O game só será lançado em setembro, mas o Olé do Brasil conseguiu adiantar algumas mudanças do jogo para o público brasileiro.

O presidente da Konami, Takuma Sato, disse que a empresa realizou uma vasta pesquisa pelo Brasil para saber que tipo de experiência o torcedor brasileiro gostaria de ter no jogo. Deste longo trabalho surgiram diversas ideias: “Eu fiquei impressionado com algumas percepções do brasileiro. Eles querem realidade extrema. Por isso, fizemos algumas mudanças que eles vão gostar, mas é surpresa” disse, em tom enigmático.

Apesar do mistério de Sato, a reportagem do Olé do Brasil teve acesso exclusivo a algumas dessas surpresas através de um dos desenvolvedores do game. Confira:

  • É possível transformar o zagueiro Cris em cavalo;
  • Não será possível marcar gols controlando o centroavante Barcos;
  • Quando o player escolher Corinthians ou Flamengo para jogar, surgirá na tela o modo ”Apito amigo”;
  • As medalhas de prata trazem o símbolo do Vasco;
  • Se o player derrubar o controle, o juiz marcará pênalti para o Corinthians;
  • Emerson Sheik dá selinhos nos companheiros para comemorar gols e vitórias;
  • Luis Fabiano já inicia os jogos pendurado com cartão amarelo;
  • Valdivia inicia os campeonatos machucado e joga 5% das partidas;
  • O goleiro Rogério Ceni defende pênaltis na meia lua da grande área;
  • Contra o Barcelona, os jogadores do Santos choram e pedem o fim do jogo desde o início da partida;
  • Walter comemora seus gols comendo bolachinha recheada;
  • Os jogadores do Vasco se desgastam mais rápido devido à falta de água;
  • O Fluminense começa as campanhas na 3° divisão;
  • D’Alessandro joga e apita ao mesmo tempo;
  • Diego Cavalieri aparece nu quando o player dá hadouken para trás.

As novidades não param por aí. No modo Torcedor, o player controlará um fanático dentro do estádio. O jogo é tão real que o torcedor pega trânsito, apanha da torcida adversária e leva spray de pimenta da polícia. No modo Gandula, o player deve retardar o jogo e fugir de treinadores como Luxemburgo e, principalmente, Dunga, que tentam agredi-lo com uma prancheta.

Rogério Ceni já foi à apresentação do jogo, que ocorrerá em setembro.

Veja também

Leave a Comment