Por Onde Anda: Cláudio Pitbull, o atacante que virou pizza

Por Onde Anda: Cláudio Pitbull, o atacante que virou pizza

A seção “Por Onde Anda” mostra o que os ídolos do esporte mais apaixonante do mundo fazem depois de largarem o futebol. Quer matar a saudade do seu ídolo? Leia “Por Onde Anda”

Você provavelmente nunca ouviu falar de Cláudio Mejolaro, mas com certeza conhece o apelido dele: Cláudio Pitbull. O atacante de 34 anos fez carreira jogando pelo Grêmio, onde conquistou a Copa do Brasil de 2001, e jogou em outros times menores, como Santos, Fluminense e Bahia.

Mike Tyson Poodle e Cláudio Pitbull (Foto: Popó)
Mike Tyson Poodle e Cláudio Pitbull
(Foto: Popó)

O apelido Pitbull foi dado ainda quando jovem, logo em sua estreia nos profissionais do tricolor gaúcho. Quem o batizou foi Antônio Lopes – o técnico que estrelou Marte Ataca –  que explicou certa vez: “Ele era muito aguerrido, raçudo e meio xaropeta. Então parecia um cachorro desses pitbull em campo, passei a chama-lo assim e o apelido pegou”.

Apesar do milagre de ter conquistado um título pelo Grêmio, Pitbull ficou famoso mesmo em Portugal. Jogando pelo Vitória de Setúbal, versão lusitana do Vitória baiano, o atacante fez muito gols, e repetiu o milagre feito no Grêmio: ganhou mais um título. A festa foi tamanha que Pitbull virou sabor de pizza na cidade e até hoje é pedida pelos torcedores.

Atualmente o atacante está sem clube e esperando uma oportunidade. Recentemente Pitbull recebeu uma proposta para jogar na China, mas a recusou por motivos óbvios, visto que na Ásia comem cachorros.

Veja também

Leave a Comment